Gilberto Gil diz a Moro que não presenciou e nem ouviu falar de vantagem a Lula

Imagem relacionada

O cantor Gilberto Gil prestou depoimento à Operação Lava Jato nesta quinta-feira (9) como testemunha de defesa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Nesta ação, o petista é acusado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do sítio de Atibaia.

Gil foi ministro da Cultura do Governo Lula, entre 2003 e 2008.

O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o petista, perguntou ao cantor se ele presenciou ou teve notícia de algum ato de Lula que pudesse sugerir alguma vantagem indevida em troca de atos que ele teria praticado como presidente. "Não, nunca", respondeu.

Gilberto Gil também disse que não viu ou teve conhecimento de supostos benefícios de Lula às empresas Odebrecht e OAS em troca de reformas no sítio em Atibaia.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE